Dicas

4 Dicas Para Ter Uma Portaria Segura

4-dicas-para-ter-uma-portaria-segura-810x540
Escrito por Lazaro Vergani

Quem mora em condomínio sabe como é delicado assuntos que tratam das áreas comuns dos moradores. Uma das áreas comuns que mais afeta todos é a portaria.

A portaria é o por onde todos precisam passar para entrar ou sair do condomínio sejam eles moradores, visitantes ou prestadores de serviço.

Existem vários tipos de portaria as mais comuns são aquelas com um porteiro presente fisicamente que autoriza e registra as entradas e saídas. Não tão comum mas já também conhecida portaria remota permite que alguém a distância identifique o visitante e autorize a entrada.

Vamos conhecer agora dicas que serão importantes para garantir que a portaria de seu condomínio seja segura.

1º Defina Regras Claras Para a Portaria

A definição de regras para a portaria é o que vai garantir que todas as situações sejam conduzidas de maneira correta.

O que fazer com entregas quando o morador destinatário não se encontra?

Carros de prestadores de serviços deverão ter o porta malas verificado na entrada? E na saída?

Visitas sem documento com foto como proceder?

Não existe certo ou errado enquanto não existe regras na portaria. A elaboração destas regras deverá ser feita por quem administra o condomínio e aprovadas por assembleia geral.  

O treinamento, implantação e fiscalização dos protocolos deverão ser tarefa do síndico.    

2º Desviar o Porteiro de Suas Obrigações

Uma das principais regra que deve ser adotada em uma portaria é que naturalmente o porteiro recebe as encomendas dos moradores, porém ele não tem nenhuma obrigação de separar organizar ou entregar pessoalmente para condôminos.

Este hábito pode ser facilmente observado por quem quer entrar despercebido no condomínio, já que os correios praticam geralmente horários e dias parecidos para entregas de grandes volumes como é em condominio.

Observado este mau hábito o intruso aguarda os correios passar e enquanto o porteiro organiza e separa as encomendas ele passa sorrateiramente pela portaria.

3º Invista em Equipamentos de Segurança Eletrônica

A principal função da portaria é garantir segurança e comodidade, equipamentos de segurança eletrônica pode colaborar  nas 2 funções.

Um sistema de CFTV (Circuito Fechado de TV) com uma boa resolução pode auxiliar na identificação de moradores e visitantes, e não é só isso câmeras específicas para portaria podem fazer a leitura de placas de carro e agilizar a liberação pelo porteiro.

Interfones atualizados quem tenham um áudio nítido também ajuda muito a comunicação entre morador e porteiro.

4º Não Autorize Entradas Duvidosas

O morador deve ser sempre contatado pelo porteiro em caso de visita ou prestador de serviço e o morador deverá autorizar a entrada.

É de inteira responsabilidade do morador garantir a segurança não autorizando a entrada duvidosa de alguém, seja uma visita inesperada ou um prestador de serviço não solicitado.

A presença pessoal do condômino na portaria nestes casos pode ser uma boa saída para tirar qualquer dúvida e manter a segurança.  

E você profissional de segurança eletrônica, quais dicas pode dar para garantir uma portaria segura?

Deixe seu comentário.

Onix Security, com a Gente Tudo é Mais Fácil!


Sobre o autor

Lazaro Vergani

Deixar comentário.

/* ]]> */