Problema

Entenda os 6 fatores que tornam seu projeto de segurança realmente efetivo!

entenda-os-6-fatores-que-tornam-seu-projeto-de-seguranca-realmente-efetivo-810x541
Escrito por Lazaro Vergani

A segurança hoje em dia é um dos principais fatores de preocupação dos moradores de uma residência, de um condomínio e até de empresas. Infelizmente, a criatividade dos ladrões está extrapolando os limites: eles estão cada vez mais astutos e conseguem aproveitar as pequenas oportunidades que, por momentos de descuido, damos a eles. 

Portanto, investir em segurança tem-se tornado cada vez mais comum. Porém, com os diversos sistemas que temos atualmente, o simples fato de instalá-los já não está sendo eficiente. O mais recomendado atualmente é realizar o investimento em projetos de segurança. Esses projetos são dotados de tecnologias recentes e diversos dispositivos que evitam o desprazer de encontrar alguém indesejado em casa (ou chegar em casa e vê-la toda revirada).

Para isto, a seguir tem-se 6 fatores que tornam o seu projeto de segurança realmente efetivo.

1 – Onde instalar

Um bom e completo sistema de segurança deve ser aquele que consegue garantir a segurança de toda uma edificação (seja esta residência, empresa e até mesmo prédios residenciais e condomínios fechados). Para isto, seria ideal analisar a planta do local a ser realizado o sistema de segurança, identificando os principais pontos onde se devem instalar dispositivos como câmeras, cercas elétricas, alarmes entre outros.

2 – De olho em tudo

Existem diversos tipos de equipamentos de segurança utilizados hoje em dia. Dentre todos os tipos de dispositivos mais comuns, o CFTV se destaca. Este tipo de dispositivo é importantíssimo para a segurança de uma edificação, pois o mesmo permite que todas as áreas sejam constantemente monitoradas e controladas. Com isto, torna-se mais fácil a prevenção de surpresas desagradáveis que possam vir a interferir no curso normal da vida dos usuários destas edificações.

3 – Monitoramento global

Com o avanço tecnológico existente em quase todos os setores do mundo, a segurança não iria ficar fora desta. Além dos novos tipos de dispositivos, devemos estar atento às novas formas de controle. Smartphones, tablets e outros equipamentos que conseguem conexão permanentes à internet mudaram a forma como os monitoramentos são realizados. As imagens agora, são transmitidas em tempo real por meio de aplicativos. Sendo assim, pode-se observar um imóvel de qualquer lugar do mundo e à qualquer instante.

4 – Segurança contra acidentes?

Os DVRs (Gravador de Vídeo Digital) contêm fios apropriados e cabos de energia. Muitas vezes esses dispositivos são complexos de serem instalados, demandando tempo em excesso do instalador. Além disso, eles são fontes de perigo para locais onde se tenham crianças pequenas e possíveis “usuários curiosos”. Para solucionar esse tipo de problema, deve-se utilizar racks.

Os racks propiciam a proteção do sistema de CFTV, economizam na infraestrutura do mesmo, e tornam a instalação do sistema de CFTV mais rápida mantendo os fios e cabos organizados. (Além dos benefícios diretos para o usuário final, os racks são fundamentais para a otimização do serviço do instalador e dão um aumento qualitativo significativo em seu produto).

5 – Projeto de segurança

Um projeto de segurança bem executado deve englobar a segurança total do imóvel. Por diversas vezes os instaladores se deparam com locais onde a infraestrutura não é adequada para o desempenho de um bom serviço. Este é um dos fatores que possibilita que o instalador utilize de novas tecnologias para suprir a deficiência de infraestrutura nos imóveis. 

Além disso, o instalador deve sempre estar atento às inovações do mercado, pois assim o mesmo tem a oportunidade de realizar um trabalho de maior qualidade, despendendo menor tempo e com maior relação custo-benefício para seu cliente.

6 – Atitudes simples

Algumas atitudes simples ainda são válidas como meios de proteção. Verificar sempre as portas antes de dormir, não deixar itens de valor à vista, quando não estiver no local, investir em alarmes e deixar luzes acesas ainda tem certa eficácia.

É fundamental um projeto de segurança completo e que atenda as necessidades do cliente. Como já citado,  é necessário que o instalador se mantenha sempre atualizado com as novas tecnologias e novos dispositivos disponíveis no mercado, para que assim possa realizar um projeto de segurança de qualidade, tecnológico e que deixe seu cliente satisfeito.

Sobre o autor

Lazaro Vergani

3 comentários

Deixar comentário.

Share This
Navegação
/* ]]> */